Precificação edição fotos casamento (o noivo quis economizar com o fotógrafo)

Salve salve, meus queridos!

Um conhecido meu (mão de vaca assumido) quis economizar nas fotos do casamento dele e chamou um amigo nosso, que trabalha com vídeo e atende público classe C, pra faze-las.
Só pra vocês terem noção da tragédia: os caras conseguiram fotografar um casamento e não fazer NENHUMA foto da noiva com o pai!!! Sem falar nas fotos desfocadas, sem nenhuma preocupação com a composição além do “gran finale”: TODAS com flash duro em cima da câmera apontado para as pessoas.
A entrega? Arquivos em JPEG apenas com aquelas edições básicas de contraste e brilho.

Calculem o quanto a esposa está querendo mata-lo.

Ele me chamou pra trata-las, corta-las de uma maneira que fique com enquadramento aceitável, enfim, tentar salvar as que puder. Sei que tem o lance de calcular pelo tempo que se fica editando, que por sinal leva de 40 minutos a 1h por cada uma delas.

Qual o valor cobrado normalmente por esse serviço? Digo, o valor por foto incluindo tratamento de pele. Quero me basear no preço para poder cobrar um valor justo, antes que esse casamento acabe ueiaaeheheauhihaheahae

Obrigado a todos desde já!

Apenas uma sugestão… se fosse meu caso, ficaria apenas em 2 opções:

1- Recusaria e não faria o tratamento - não assumiria esta responsabilidade, cobrando pelo trabalho, sem ter nenhum controle do que já foi produzido.

2- Faria, como um favor, uma ajuda - sem cobrar e sem assumir grande expectativa em relação ao resultado final.

Enfim não deixaria no meu colo, uma responsabilidade que não foi minha.

Como disse no início, somente uma sugestão :ok: :ok:

eu concordo com o ronaldo

Poxa, o cara economizou justo na lembrança.
Para o meu casamento contratei um cara bom, não estou disposto a me incomodar.

É aquilo, fotografia e filmagem são as únicas coisas que ficam como lembrança material, querer economizar nisso é a pior burrice que alguém pode fazer :ok:

Estou com a primeira opção do ronaldom1, só faria a segunda se fosse muito mas muito amigo mesmo!

Eu ficaria somente com a primeira opção.
Se fosse muito seu brother, contrataria você.

rapaz, como são as coisas… E outro dia estava rolando um tópico onde os fotógrafos falavam que os clientes não estavam nem aí pras fotos, que só queriam saber de preço… Olha aí…

Verdade! :hysterical:

A não ser que quisesse o amigo como convidado né, mas no mínimo pediria indicação de um fotografo de confiança!

Cheguei a pensar nessas opções. Na verdade, logo de cara eu recusei. Mas ele insistiu e pediu pra fazer umas três sem compromisso, apenas pra acalmar os ânimos da esposa. Eu até cheguei a indicar outra pessoa que trabalha com tratamento mas parece que não a encontrou.
Eu até faria como um favor de amigo sim, apesar dele nem sem tão chegado assim. O problema é que ele falou em umas 50 fotos e cada uma delas leva um tempão pra fazer. É demorado tirar aqueles estourados do rosto, tratar a pele, tentar colocar iluminação pelo lightroom pra balancear o flash duro (ficou tipo foto de delegacia)

Mas como disse o ronaldom, não estou com grande expectativas e (principal) não dei grandes esperanças também pra ele quanto a melhoria das fotos.

Talvez eu cobre um valor pelo tempo gasto e peça delicadamente para não relacionar o trabalho com meu nome.

Foto kakada é foto kakada, já era…

Lightroom não resolve, talvez gastando muito tempo com Photoshop e mesmo assim… :ponder:

e ela ainda te dá jpeg pra tratar :doh: Melhor recusar educadamente

antes o fotógrafo tivesse liberado uns raw aí

Melhor oferecer para fazer um “Trash the Dress”…

Sim, ainda teve essa, Lee:

Eu disse para ele pedir para o fotógrafo os arquivos originais em Raw, pois com eles aumentariam as chances de salvar as fotos. A resposta do fotógrafo foi “mas eu já te passei, aqueles arquivos lá são os originais”. O que me leva a crer que ou ele apagou o Raw (o casamento já tem uns 6 meses) ou ele fotografou em JPEG mesmo.

Cara, que ideia boa! Ou trash the Dress ou um ensaio romântico mesmo, de repente até como forma dele aplacar a vontade assassina da esposa kkkkkk

O casamento aconteceu a mais de 6 meses. Ele havia conseguido acalmar os ânimos dela. Porém, alguns familiares que estavam na cerimonia estarão aqui na cidade em outubro, para a festa do Círio de Nazaré. Eles estão cobrando as fotos do casamento, o que reativou a fúria de titãs da esposa.

Mas é uma ótima ideia. Vou sugerir um ensaio com certeza.

Uma opção, se ele é teu amigo mesmo, não cobre nada! Mas faça o orçamento para ele da mesma forma. Coloque um valor alto, ressaltando o prejuízo que ele teria levado nessa ideia de economizar com o fotógrafo.

Destaque as qualidades que ele perdeu ao não ter contratado um fotógrafo profissional para isso. Que ele já estaria feliz com o serviço pronto. Não estaria de cabeça quente atrás de paliativos.

Não vincule seu nome ao tratamento (a não ser que faça milagres).

Faça o ensaio conforme sugerido e comprove tudo isso para ele. Foto boa vale o preço!

Não trabalhe de graça. Acho até ofensiva essa sugestão, não me levem a mal.

O que voce pode fazer é tratar uma foto e mostra-lo pra ver se ele quer realmente fazer. Porque aí ele aprovando você já se resguarda.

Mas se é amigo do peito, irmão, sobrinho…cobre. Qualquer outra profissão é assim. A de fotográfo não é excessão.

Ele não é tão chegado não. Já trabalhamos juntos em projetos, mas não nos falamos com frequência. Tanto que não fui convidado para o casamento (não que esteja reclamando, nem curto casamentos, é apenas pra terem noção).

Vou cobrar sim. Ele falou em 50 fotos a serem tratadas, isso demanda no mínimo um bom tempo sentado. E ainda vou tetnar vender um trash the dress como deram a (excelente) ideia aqui hehehe

Assim, depois desse relato e de algumas coisas que você falou, o que noto é que esse cara continua tentando economizar mesmo depois de ter feito M… Essa história de que não achou o profissional indicado é mais devido ao valor alto que o cara pediu para editar.
Para mim, parece que o cara está tentando que você faça, para que o valor seja menor. Essas 50 fotografias, rapidinho vão virar 200-300… a esposa quis mais algumas, a sogra quer aparecer também…
Se for ajudar, não deixa de te proteger legalmente, faz um contratinho com a quantidade de fotos a serem tratadas, valor das adicionais, forma de cobrança (entrada de uns 50%), os serviços que você não vai fazer e que o resultado final depende muito do material recebido. Não da pra polir b…a.

Cobre pelo tratamento e faça um contrato, como o colega acima sugeriu.

Já fiz a besteira de tratar 10 fotos em RAW para uma ex-funcionária aqui da empresa e de graça, e depois de alguns meses, outra pessoa pediu pra tratar umas 20 fotos, e ao saber que cobraria, reclamou. Argumentou que para a outra fiz de graça.
Então isso serve pra te proteger.

Quando envolve amigos e familiares, a coisa pode ficar complicada futuramente.

Exato, Rick. Sempre os trabalhos para amigos ou parentes é pior.

Eu preferi não fazer o trabalho pra ele. Dei uma desculpa e disse que não conseguiria realizar em tempo dele apresenta-las (ele queria para o dia 10 de outubro).
O post aqui me ajudou bastante.