Pentax desenvolve camera K3 III aos apaixonados or fotografia PB.

https://www.dpreview.com/news/2780405465/ricoh-announces-pentax-k-3-iii-monochrome-dslr

:clap: Pentax sendo criativa no mundo dslr.

Mesmo que tenha virado um nicho menor, a Pentax sabe que ainda tem e haverá muitos usuários fãs de DSLR ao redor do mundo. Eu não tenho motivo algum pra fazer migração. No último evento esportivo que fiz com uma 1D Mark 3 da Canon e 70-200 tive uma taxa de acerto de fotos em foco em torno de 95% com altíssima performance de ISO, além de altíssima performance em velocidade e precisão de foco. Pra que eu iria migrar pra mirrorless agora? Seria literalmente perda de dinheiro. Fora a duração da bateria e confiabilidade da câmera.

A Pentax reconhece isso e fazer uma DSLR pra preto e branco sem os filtros com certeza é uma ótima ideia. A câmera não é barata (definitivamente) mas não tenho dúvida alguma que a Pentax reconhece que DSLRs irão durar muito tempo ainda, ao contrário do que a indústria do aúdio visual tenta "empurrar’ como ideia de que as mirrorless são o presente e que é para abandonar as DSLRs. Bem não vou comentar muito mais, senão vão me chamar de Ernest 2.0 rsrsrs aliás ele faz muita falta aqui neste fórum; aprendi muita coisa com ele e suas postagens.

Outra empresa que lançou uma camera Monocromatica foi a Leica. mais ou menos com 60 mp, e sensor bsi. Ambas empresas se beneficiaram lançando suas cameras no mesmo dia. :slight_smile:

Voce esta certo. Tem que aproveitar as oportunidades. Sejam elas com dslr ou ml. :ok:

Exato. Eu penso que profissionais híbridos de foto e video possam se beneficiar das mirrorless. Pro meu caso que faço 99,9% fotos, as DSLRs me suprem perfeitamente.

Sou fã incondicional da Pentax, tive duas digitais bem antigas as iST* e a K200D… Depois a K5-II e K3-II que ainda tenho e não pretendo me desfazer. A qualidade do equipamento é absurdamente boa e sempre foram inovadores.

Eles fazem DSLRs porque eles querem, não estão preocupados em serem os mais vendidos nem nada, sempre foram equipamentos para os fãs da marca e pronto.

A Ricoh ganha dinheiro mesmo é com impressoras, software e equipamento gráfico. Acho que câmeras são tipo um hobbie para eles.

Sem contar a qualidade das objetivas da Pentax que também é show de bola!

Um videozinho de 1h38 com a história da Pentax e seus produtos desde 1919.

https://youtu.be/H0dWWybo0Nk

Se não fosse o preço eu já teria comprado a K3-III, mas dois mil Bidens tá osso…

:snack:

O problema com a Pentax aqui no Brasil é que quase ninguém conhece os produtos digitais sérios, quando muito conhecem compactas bem de entrada ou as DSLRs muito antigas. Não tem representante e ninguém importa, aí fica difícil mesmo.

Outra coisa é que a proposta das DSLRs posteriores à K5 é diferente das Canon, Nikon e Sony. É para fotografia de outdoor em condições ambientais extremas, chuva, neve, poeira, frio, calor.

Não tem o AF mais rápido do mundo mas tem um DR monstro e uma confiabilidade absurda. A minha K5-II já foi parcialmente submersa em água e lama, enfrentou -25C… A K3-II praticamente rolou em areia fina fofa no Atacama. Zero problema, zero poeira. Faça isso com uma Canikon para ver o resultado ! Na primeira vez que fui para essas bandas usei uma 5D com uma 70-200 L F4 e uma 24-70 F4 L, e ainda por cima um saco plástico envolvendo a câmera… Pqp, parecia um aspirador de pó !

A única coisa que achei bobagem total para o meu tipo de uso foi o pixel-shift. Só serve mesmo para foto de objetos estáticos. Se tiver uma árvore e estiver ventando, ferrou.

Agora a pergunta seria para que eu usaria uma K3-III monocromática…
Deve ser iradissima para astrofotografia. Mete uma 200mm nela e filtros passa-banda que você passa a ter um monstrinho com Astrotracer. Deve matar a pau para objetos de céu profundo extensos.

A Pentax fez no passado umas lentes de foco manuais muito boas para esse tipo de uso e que podem ser usadas diretamente nas digitais da marca, como a 200mm 2.5

Nas mais curtas tem a 85mm 1.8, a 105mm 2.8 … Opções de qualidade não faltam.

Similar com Panasonic e OM-Digital.

Esses ainda tem… Só ir no ML que tem um monte de anúncios.
Tente encontrar uma Pentax recente !

Sim, onde neva a coisa fica feia. A Pentax é uma marca de nicho. A questão dessa câmera é ser algo dedicado para quem fotografa PB. Me parece especial. Eu uso cor.

Já devo ter contado, quando resolvi comprar uma DSLR, minha primeira escolha havia sido a Pentax *ist D. Como não encontrei nos EUA, acabei comprando a Nikon D40. Me despedi da câmera somente este ano, ainda funcionando. Sempre que vejo notícia da Pentax, me pergunto qual teria sido meu caminho se eu tivesse conseguido comprar a câmera que eu realmente queria.

Sobre a câmera em si, me parece uma forma (inteligente) de movimentar estoque de peças. Se o estoque de peças da K3 III não estava sendo usado, melhor lançar uma variante. Com certeza vai ter quem compre.

O problema é que se não é comercial, só pode ser câmera que tenha status. Portanto mais seleta.
E se não for esse esquema, alguns críticos se ofendem.

Não necessariamente por status. Por incrível que pareça tem bastante gente fotografando em PB, claro que muito menos do que em cores, mas tem. Na minha última viagem para o exterior, fiquei impressionado com a quantidade de câmeras analógicas na rua, com gente nova, idoso, etc. Não dá para comparar com o numero de celulares obviamente, mas vi muitas vezes mais do que o número que eu imaginaria ver. E reparei que nas lojas há uma oferta grande de filmes p&B da Ilford e da Foma. Então clientela para P&B existe, mas é um nicho.

Sensor mono tem vantagens para fotografia p&b e uma delas é a inexistência do “color alias” um efeito que sempre acontece nos sensores bayer coloridos e que resulta em perda de definição mas isso é papo para outro tópico.

Eu curto foto em PB mas não pagaria $2k em uma câmera dedicada para isso a não ser que eu fosse ganhar dinheiro com isso. Nem Pentax nem muito menos Leica Monochrom…

Mas para astrofotografia a sério, ela é bem interessante. Novamente coisa técnica, de nicho.

O cara que quer status compra uma Leica e não uma Pentax mono que tem a mesma cara de uma K3 convencional.

Não tem nada há ver com Leica. Mas gente comercial que acha que não pode ter outra proposta dentro do mercado com optical view finder.

A Pentax faz porque quer e não porque precisa, já falaram mais de uma vez isso, os caras tem uma visão diferente do massificado.

Desculpe, eu não quero mais nem comentar essas coisas negativas para a comunidade fotográfica. Nem dar ouvidos. Deu.